domingo, 28 de dezembro de 2014

Santo Natal e Abençoado Ano Novo!

As Irmãs Clarissas do Mosteiro de Santa Clara, em Nova Iguaçu, vos desejam um Santo Natal e um Ano Novo pleno de paz e bem!
Convidamos a todos para as cerimônias na Capela de nosso Mosteiro.
"O Verbo se vez carne: vinde, adoremos!"






video



quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Solenidade de Santa Clara 2014



Neste ano de 2014 a Solenidade da Mãe Santa Clara teve um sabor todo especial.
Tivemos a Novena de Santa Clara, de 02 a 10 de agosto, às 16 horas, com Santas Missas e pregações sobre os variados temas, contando com a presença do nosso Pároco, Padre Nelson Cândido dos Santos (dia 02), Frei André Luiz Henriques, OFM (dias 04 a 08), Padre Márcio Horácio (dia 09) e do Frei Vitório Mazzuco, OFM (dia 10).


Após as Santas Missas, os fiéis participavam da oração do Terço do Rosário com as Irmãs e tinham a oportunidade de oscular a autêntica Relíquia de Santa Clara, colocada sobre o altar.

A seguir ao Terço as Irmãs rezavam o Ofício das Vésperas, por vezes presidido pelo Frei André, OFM. No grande dia 11 de agosto tivemos a solene Celebração Eucarística às 10 horas, presidida pelo Exmo. e Revmo. Sr. Bispo Dom Edson de Castro Homem (Bispo Auxiliar da Arquidiocese do Rio de Janeiro),


contando com a presença de nosso Bispo Dom Luciano Bergamin, CRL, de nosso queridos Frades Franciscanos, de Sacerdotes, Diáconos e Seminaristas da Diocese, Religiosos, Religiosas e grande número de fiéis, benfeitores, amigos do Mosteiro e devotos de Santa Clara.


Às 16 horas houve a Santa Missa com a celebração do Trânsito de Santa Clara, presidida pelo Sacerdote diocesano, Padre Ricardo Nunes, com a participação dos fiéis. 



Nas Missas deste dia 11 de agosto houve a tradicional bênção e distribuição dos pães de Santa Clara.



No vídeo ao final da postagem, podeis contemplar alguns momentos desta solenidade da Mãe Santa Clara, ao som da Cantata Portuguesa, recordando o país de origem de nossas queridas Irmãs Fundadoras.
Louvamos e agradecemos a Deus pelos 25 anos da inauguração de nosso Mosteiro de Santa Clara, em Nova Iguaçu.


Profundamente agradecidas e unidas pela oração,
Pela Comunidade,
Madre Ivone Maria da Apresentação, OSC.

video

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Rádio Catedral em nosso Mosteiro

No último dia 02 de Junho tivemos a alegria de receber a Rádio Catedral em nosso Mosteiro para a Hora da Divina Misericórdia.
Louvado seja Deus, o Pai das Misericórdias, por este tão especial evento, no ano Jubilar dos 25 anos de nosso Mosteiro de Santa Clara!
Abaixo pode-se ler a matéria publicada no Jornal "Testemunho de Fé" da Arquidiocese do Rio de Janeiro.
http://www.bancadigital.com.br/otestemunhodefe/reader2/
Em louvor de Cristo. Amém.



domingo, 18 de maio de 2014

Jubileu de Prata do Mosteiro de Santa Clara



No dia 13 de maio de 1989, †Dom Adriano Hypólito, OFM, então Bispo da Diocese de Nova Iguaçu realizou o seu grande sonho de um Mosteiro de vida contemplativa em sua Diocese.


As Irmãs Fundadoras, oriundas do Mosteiro de Nossa Senhora da Piedade, Ilha da Madeira, Portugal, foram convidadas pelo então Assistente das Clarissas de Portugal, Padre Barreira, a assumir tão importante missão: de ‘rezarem e se sacrificarem pelo povo sofrido da Baixada’. Chegaram ao Brasil em 17 abril de 1986 e permaneceram 3 anos numa casa provisória, enquanto o Mosteiro se construía, com ajuda vinda da Alemanha, de modo especial, por Monsenhor Michel, da Diocese de Colônia.
Desde o início da construção, Dom Adriano planejou a inauguração do Mosteiro para o dia 13 de maio, dia em que Nossa Senhora apareceu aos Pastorinhos, no país de origem das Irmãs Fundadoras, colocando assim, sob a proteção de Maria, o que o Irmão Bispo sempre denominou: ‘o nosso Mosteiro’.


Em ação de graças por esses anos de presença do Mosteiro de Santa Clara nesta Diocese de Nova Iguaçu, e pela maternal proteção de Maria, iniciou-se no dia 13 de maio de 2013 o Ano Jubilar da Inauguração, com a Santa Missa presidida por Dom Luciano Bergamin, CRL, Bispo Diocesano e concelebrada por Sacerdotes Franciscanos e Diocesanos.






Ao findar da Celebração foi benzida uma Imagem de Santa Clara que seguiria em visita às diversas comunidades de nossa Diocese, em preparação para o Jubileu.



Após um ano de bênçãos e graças o tão esperado dia 13 de maio de 2014 chegou.
A Capela, especialmente ornamentada para tão importante celebração do Jubileu de Prata do Mosteiro estava repleta.
Às 18 horas iniciou-se a oração do Terço do Rosário, animada pelo grupo do Terço dos Homens, da Paróquia Sagrada Família, da Posse.


Às 18h30min teve início a solene Celebração Eucarística presidida por Dom Caetano Ferrari, OFM, Bispo de Bauru-SP , contando com a presença de nosso Bispo Diocesano Dom Luciano Bergamin, CRL, Sacerdotes Diocesanos e Frades Franciscanos da Província da Imaculada Conceição do Brasil. Também Diáconos, Seminaristas e jovens do Propedêutico, Religiosos(as), membros da Ordem Franciscana Secular, marcaram presença juntamente com os numerosos fiéis, benfeitores, devotos de Santa Clara e amigos de nosso Mosteiro.
O Ministério de Música Anima, juntamente com o Daniel, amigo do Mosteiro, animaram a celebração com bonitos cânticos escolhidos pelas Irmãs e a assembleia acompanhou os cânticos, pelo folheto, com grande vibração.



Em sua homilia, Dom Caetano destacou a atuação do Espírito Santo de Deus que renova todas as coisas (Ap 21, 1-5), comentou sobre sua amizade com Dom Adriano Hypólito e como acompanhou desde o início esta fundação, particularmente em suas visitas, como provincial dos frades da Província Franciscana da Imaculada Conceição, sempre tinha ocasião de vir ao nosso Mosteiro, para um convívio bem fraterno.
Dom Caetano comentou que nunca deixou de receber nossas cartas, sobretudo nos 12 anos que se seguiram desde sua ordenação episcopal. Nós ansiávamos pelo momento de nos encontrar novamente e o Senhor nos proporcionou este momento tão oportuno.
Concluindo sua homilia, pediu orações pelo feliz êxito do Jubileu em sua Diocese e convidou os fiéis que puderem participar, num intercâmbio de amizade.
No momento do ofertório, foram oferecidos, juntamente com o pão e o vinho os seguintes símbolos: um quadro com a foto de Dom Adriano Hypólito, uma vela acesa, a simbolizar a luz de Cristo, que sempre iluminou a vida e missão deste Mosteiro desde a sua fundação até os dias de hoje; e um terço, a simbolizar a intercessão maternal de Maria, sempre presente, sobretudo nos momentos difíceis, a guiar e proteger este Mosteiro como Celestial Abadessa.
Na Oração da Assembleia, foi feita uma prece em especial pela querida Irmã Conceição, que desde o início assumiu este Mosteiro como Abadessa e Mãe; a ele se dedicou com todas as suas forças, e hoje se encontra fisicamente unida à cruz de Cristo pela enfermidade, para que o Senhor se digne confortá-la, e recompensá-la pelo seu tão grande amor e total dedicação.
Ainda tivemos momentos bem marcantes como a oração do Ano Jubilar, que sintetiza todo o sentido da celebração vivida e a homenagem às Irmãs Fundadoras, com a entrega de orquídeas a cada uma delas, por parte de familiares de Dom Adriano que acompanharam às Irmãs desde a chegada ao Brasil.


Outro momento singular que ficará bem gravado na memória foi a leitura da Benção do Papa Francisco à nossa querida Madre Ivone e Comunidade por ocasião da celebração dos 25 anos de fundação do Mosteiro. Louvado seja Deus por tão preciosa dádiva!
Após a oração final, Dom Luciano convidou todos a dar os famosos 'pulinhos', desta vez 25, em honra dos 25 anos de fundação do Mosteiro.
Após a cerimônia, a assembleia foi convidada à casa Betânia, anexa ao Mosteiro, onde foi servido um jantar de confraternização sob um maravilhoso luar que nosso Bom Deus nos proporcionava. Os Srs. Bispos e Sacerdotes participaram da confraternização, juntamente com a Comunidade, no Refeitório.
Agradecemos, de coração, a todos que tornaram possível esta celebração do Jubileu, com sua contribuição material, espiritual, muitas vezes silenciosa mas tão marcante. Somente Deus vos poderá recompensar devidamente.
Em nossas orações, não vos esquecemos.
Afetuosamente, Pela Comunidade, Madre Ivone Maria da Apresentação, OSC.

video



sábado, 29 de março de 2014

Cardeal Dom Orani e Bispos da Província do Rio em nosso Mosteiro


Louvamos ao Senhor pela graça de, na manhã de quinta-feira - dia 27 de março, mais uma vez contarmos com a presença em nosso Mosteiro,  do muito estimado Cardeal Dom Orani Tempesta, OCist, Dom Luciano Bergamin, CRL e dos Srs. Bispos da Província eclesiástica do Rio de Janeiro (Dom Antônio Augusto, Dom Edson, Dom Luis Henrique, Dom Pedro Cunha, Dom Nelson, Dom Roque, Dom Elias, Dom João Messi, Dom Paulo Cezar).
Tivemos a Santa Missa pelas 7h30min presidida pelo Bispo de Barra do Piraí/Volta Redonda, Dom Francisco Biasin que em sua homilia ressaltou a oportunidade desta presença, como antecipação da comemoração do Jubileu de Prata de inauguração de nosso Mosteiro, já que muitos deles não poderão estar presentes no dia 13 de maio.
 
O Cardeal Dom Orani, ao findar da celebração proferiu cativante discurso e seguiu-se o café da manhã.
As Irmãs tiveram a oportunidade de entoar uma singela saudação e mais uma vez o Cardeal Dom Orani concluiu o momento com bela alocução, agradecendo de modo especial as orações pelo feliz êxito da Jornada Mundial da Juventude.
Após o café ocorreu a reunião dos Srs. Bispos da Província e os mesmos partiram de nosso Mosteiro para a Casa do Menor São Miguel Arcanjo, em Miguel Couto.
Ficamos muito edificadas com esta manhã tão especial e agradecemos a todos que tornaram possível este tão especial encontro.


 Em louvor de Cristo. Amém.

sábado, 15 de março de 2014

Na preparação dos 25 anos do Mosteiro, uma reportagem no Jornal Extra

Nosso agradecimento, bem unido à nossa oração, à querida Jornalista Marina Navarro Lins pela reportagem publicada no Jornal Extra  (15/03/2014) sobre os 25 anos da inauguração de nosso Mosteiro. Abaixo temos a reportagem extraída do site: http://extra.globo.com/noticias/rio/clarissas-comemoram-os-25-anos-do-mosteiro-de-santa-clara-em-nova-iguacu-11883527.html

Deus chamou e Maria das Neves do Rosário atendeu. A portuguesa tinha 25 anos quando casou-se com Cristo e foi viver, enclausurada, em um mosteiro na Ilha da Madeira, em seu país. Uma década depois, Deus chamou de novo. A missão agora era fundar o Mosteiro de Santa Clara, em Nova Iguaçu. Dedicada, Maria das Neves se mudou para o Brasil com outras cinco clarissas. No dia 13 de maio de 1989, a casadas mulheres de Cristo ficou pronta. Em 2014, completa 25 anos.
- Não trocaria um dia no convento por outro fora daqui. Deus dá uma graça tão grande que compensa tudo. Hoje, aparecem menos jovens com vocação do que antes - compara Maria, de 65 anos.


Erguido no alto de um morro do bairro Botafogo, o Mosteiro de Santa Clara abriga dez clarissas. Uma delas abre o portão de ferro e volta, ligeira, para trás das grades que as separam do resto do mundo. O silêncio é sensível e um pouco pesado. Até que a irmã Maria de Fátima do Divino Coração, de 32 anos, abre um largo sorriso:
- Essa paz me encantou. Tinha uma vida normal e até curtia rock. Mas o vazio continuava...
Rosana Maria da Conceição, de 36 anos, entregou-se a Deus em 2001:
- Não tem como explicar o chamado divino, é uma vocação. Nós somos contemplativas e ajudamos as pessoas através de orações - explica a clarissa, que é formada em farmácia pela UFF.
As irmãs só saem da casa para ir ao médico ou fazer compras, mas não gostam destes momentos. Atrás das grades, encontraram a liberdade que procuravam.

Clarissas têm rotina de orações e trabalho
As clarissas do Mosteiro de Santa Clara seguem uma rígida rotina. Às 4h45m estão de pé. Durante o dia, alternam orações, estudo de documentos religiosos e trabalho - fazem velas e hóstias, cozinham e limpam a casa.
- Jantamos às 18h e depois temos uma hora de recreio, quando podemos conversar e cantar músicas religiosas - conta a madre superiora, Ivone Maria da Apresentação, de 45 anos.
A televisão é ligada apenas quando o Papa está fazendo um pronunciamento. Só é permitido falar com a família pelo telefone no terceiro domingo do mês. Se um parente fica doente, a clarissa pode visitá-lo - por uma semana. Mas, quando é o parente que faz a visita, o contato acontece através das grades. Mas e a saudade?
- Eles entendem que o nosso carinho é mais forte que um abraço. Nós estamos rezando por eles e por todos. As pessoas podem nos pedir orações - diz Rosana, com voz calma.



sexta-feira, 7 de março de 2014

Gratidão eterna ao Santo Padre Francisco!

 Foi grande a alegria de toda a Comunidade ao recebermos em nosso Mosteiro a correspondência do Vaticano com o agradecimento do Papa Francisco à cartinha e as tradicionais “broinhas madeirenses” que tivemos a graça de oferecer-lhe no dia 24 de julho de 2013, na ocasião de sua visita ao Hospital São Francisco de Assis, no Rio de Janeiro. Podeis contemplar abaixo a belíssima Mensagem do Santo Padre que muito nos tocou o coração e nos estimula a cada dia vivermos com mais intensidade a nossa vocação e intensificarmos nossa oração por ele e por toda a Santa Igreja. Gratidão eterna ao Santo Padre Francisco!


segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Obrigada, Senhor!



Tivemos a graça de iniciar este Ano de 2014 com a Santa Missa presidida pelo nosso Bispo Dom Luciano, sendo concelebrada pelo nosso Pároco, Padre Nelson, contando com boa participação dos fiéis.
A celebração teve início às 23 horas, após uma hora de Adoração Eucarística com a Bênção do Santíssimo.

Ao som dos fogos de artifício, iniciou-se o ano de 2014 e Dom Luciano convidou-nos a um momento de silêncio e oração pessoal. Ao final da Celebração todos nos cumprimentamos na alegre esperança de Ano Novo pleno de paz e bem, com muita alegria no anúncio do Evangelho, como nos ensina o Papa Francisco.



No dia 1 de janeiro, tivemos às 10 horas a Santa Missa da Solenidade de Maria, Mãe de Deus presidida por Frei Arcângelo, OFM e concelebrada pelo Padre Porfírio, Diocesano.
No dia 05 de Janeiro celebrou-se a Epifania do Senhor e a Santa Missa foi presidida, com grande unção pelo Frei Arcângelo, às 10 horas. 



No dia 12 de Janeiro, festa do Batismo do Senhor, tivemos a Santa Missa com o Sacerdote Franciscano de Nilópolis, Frei André,OFM .
Estivemos muito unidas pela oração ao muito estimado Raoni, jovem natural de Nova Iguaçu, que neste dia recebeu o Santo Hábito Franciscano, ingressando no Noviciado da Província da Imaculada Conceição, em Rodeio.
A vocação do Frei Raoni  surgiu em nosso Mosteiro, como ele mesmo enfatiza com grande carinho. 
Sua mãe, no grande dia 13 de maio de 1989, encontrava-se grávida e veio participar das cerimônias de inauguração de Nosso Mosteiro. Seu nascimento ocorreu em 20 de julho de 1989, dia do amigo. 
Raoni sempre foi nosso amigo. 
Preparando uma encenação sobre São Francisco e Santa Clara, no grupo jovem da nossa paróquia, vinha muitas vezes ao Mosteiro para buscar orientação. E sentiu-se chamado a ser Frade Menor. 
Temos a alegria de acompanhar espiritualmente Frei Raoni , em seu Noviciado, em Rondinha, e rogamos a Deus seja ele um santo franciscano, que presida muitas vezes a Eucaristia em nosso Mosteiro.




No dia de Santa Inês, 21 de Janeiro, comemoramos de modo especial o aniversário de entrada no Mosteiro - 18 anos - de nossa querida Madre Ivone Maria da Apresentação, OSC.

Que Nosso Senhor, por intercessão de Santa Inês e dos nossos Seráficos Pais Francisco e Clara,  cumule nossa Madre Ivone de muitas bênçãos e das graças necessárias para  melhor conduzir, no amor, esta Comunidade, sobretudo neste Ano Jubilar.

Estamos a rezar para que o Senhor continue a suscitar no coração das jovens o desejo de segui-lo mais de perto na vida contemplativa clariana.

Agradecemos de modo particular ao nosso Bispo Dom Luciano, os Sacerdotes,  todos os nossos dedicados benfeitores, familiares e amigos que nos tem ajudado em nossa vida e missão contemplativa, neste Mosteiro de Santa Clara, nestes abençoado 25 anos.

Em louvor de Cristo. Amém.




segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Crônica


CRÔNICA DO MOSTEIRO DE SANTA CLARA – NOVA IGUAÇU
 ANO 2013

Com alegria de alma e coração, partilhamos os eventos ocorridos em nosso Mosteiro no Ano de 2013, incluindo a abertura do Ano Jubilar de inauguração do Mosteiro, ocorrida a 13 de maio.
Aproveitamos a oportunidade para agradecer, a todos os que de alguma forma contribuíram para que nosso Mosteiro pudesse ser inaugurado e aqueles que até hoje nos apoiam material e espiritualmente. Que Deus seja vossa recompensa e o céu a vossa herança!

6/1 – Epifania do Senhor - Tivemos pela manhã, a Santa Missa presidida pelo nosso Frei José Pereira, OFM. Tudo contribuindo para aprofundarmos o mistério da Manifestação de Jesus à humanidade.



11/2- Tivemos a Santa Missa com o Pe. Porfírio, pelas 7h30min. Surpreendeu-nos a notícia da renúncia de Bento XVI ao pontificado, vinda ao público neste dia do enfermo, festa de Nossa Senhora de Lourdes. Intensificamos nossa oração por ele nesta decisão tão nobre e aguardamos o novo conclave.

13/2- Iniciamos o tempo da Quaresma, com a Santa Missa pela manhã, presidida pelo nosso pároco, Pe. Nelson. Cativou-nos a sua explicação na homilia, sobre o sentido do jejum, da esmola e da oração.

12/3– Iniciou-se o Conclave para eleição do sumo pontífice. Tivemos a Santa Missa pela manhã, com Pe. Marcos, com cânticos do Espírito Santo. Toda a Igreja aguardava em união de oração o desfecho de tão importante evento.

13/3– Foi eleito o novo Papa Francisco. Surpreendeu-nos a escolha do nome do Papa Argentino. Nós, toda a Família Franciscana, toda a Igreja, ficamos muito felizes. Seus gestos, suas palavras, nos impressionaram. Exprimem santidade!

19/3– Solenidade do Pai São José e início do Pontificado do Papa Francisco. O Pe. Marcos celebrou para nós às 16h para nossa manhã ficar livre e podermos acompanhar pela TV a cerimônia do início do Pontificado. Foi maravilhoso! Os Frades Franciscanos do Monte Alverne serviram ao Papa nesta linda Missa.

25/3– Segunda-feira Santa. Tivemos a Santa Missa às 17 h com nosso Bispo Dom Luciano, com direito à homenagem e uma bela orquídea ofertada às Irmãs, por parte dos Seminaristas do Seminário Paulo VI. A seguir à Missa, houve no refeitório a tradicional Ceia Judaica, com Dom Luciano a presidir, com a participação do Frei José Pereira, Pe. André Silvino, Pe. Paulo Pires (reitor do Seminário), os Seminaristas, Pe. Nelson e os jovens do Propedêutico. Foi momento de graça e fraterna união.

28 a 31/3– Tríduo Pascal e Ressurreição do Senhor. Desta vez, o nosso Pároco, o Pe. Nelson assumiu as celebrações, já que o Frei Arcângelo encontrava-se em recuperação de sua cirurgia no fêmur. Na quinta-feira santa, em Comunidade, houve a Cerimônia do Lava-Pés e na Santa Missa presidida pelo Pe. Nelson houve o ato de lava-pés com os fiéis, todos apreciaram.
Na sexta-feira santa, houve a encenação da Via-Sacra, muito bem organizada pelos jovens de nossa paróquia. As últimas estações foram realizadas em frente ao nosso Mosteiro. Comovente foi ver a nossa Capela repleta de fiéis que vinham acompanhando as estações pelas ruas do bairro até finalizar conosco, na Capela, o ato litúrgico da Paixão do Senhor.


13/5– Início do Ano Jubilar – Rumo aos 25 Anos de Inauguração do nosso Mosteiro. A Solene Celebração Eucarística, com a participação dos fiéis, foi presidida pelo nosso Bispo, Dom Luciano, às 7h30min e concelebrada pelo Pe. Marcus, Pe. Nelson, Frei José Pereira e Frei André, OFM. A Missa foi filmada. Houve alguns depoimentos bem marcantes durante a homilia. Preparamos uma orientação para momento de Adoração Eucarística: “Santa Clara e o Cristo Eucarístico”, uma imagem de Nossa Mãe Santa Clara, de 80 cm, que recebeu uma benção no final da Missa, com objetivo de percorrer as paróquias de nossa Diocese. Pe. Nelson nos ajudou com a publicação de estampas com a Oração do Ano Jubilar e um lindo banner. Pe. Marcus e Frei Soneca juntamente com Pe. Nelson, estão contribuindo muito para as realizações do nosso Jubileu. Após a Santa Missa, houve confraternização no refeitório e saudamos nossa Irmã Maria de Fátima que celebrava sua Festa Onomástica.


22/5 - Renovamos a Consagração do nosso Mosteiro aos Corações de Jesus e Maria numa cerimônia que tradicionalmente realizamos todos os anos desde o dia 22 de maio de 1989, primeiro ano da inauguração do mesmo.

25/5– Neste sábado, realizamos a Coroação de Nossa Senhora de Fátima, na Capela. Uma cerimônia simples, com oração preparada e cânticos próprios. Sempre comovente.

26/5– No Domingo da Santíssima Trindade, ressaltamos o lindo ofício que cantamos, com a melodia de Frei Acílio Mendes, OFMCap que eleva a alma. É muito bonito. A Missa foi presidida pelo nosso Frei Arcângelo, OFM, que está com todo vigor e já voltou a nos dar aulas aos sábados, à tarde. À noite, realizou-se a Coroação do Imaculado Coração de Maria, no refeitório. Com orações próprias, cântico, pétalas de rosas, e muito amor à nossa querida Mãe do Céu.

27/5– À tarde, recebemos a visita da Srª. Marluce, do nosso Frei Arcângelo, ofm, que trouxe seu irmão Benvindo, acompanhado da esposa, para conhecer-nos. Houve um convívio bem fraterno, no locutório.

30/5– Dia de Corpus Christi - Nossa preparação iniciou-se dias antes, com a preparação dos tapetes feitos com folhas e flores naturais, a montagem de altares  pela casa... A Santa Missa foi presidida pelo nosso Pároco, Pe. Nelson. Após a Missa, houve a procissão, com grande participação do povo, finalizando na capela, com a Benção do Santíssimo.

31/5 – Festa da Visitação de Nossa Senhora. Realizamos neste dia a Coroação de Nossa Senhora Menina, numa cerimônia simples e bonita, na sala de palestras.

7 e 8/6 – Viva o Sagrado Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria!
Após a ceia, realizamos no refeitório a eleição do Imaculado Coração de Maria, Nossa Celestial Abadessa. Cerimônia singela e bonita, tradicional em nossa comunidade. No final da mesma cada Irmã depositou suas intenções num coração, preparado com fitas para ser levado por todas em procissão até a Imagem de Maria Santíssima, nossa terna Mãe!

13/6 – Festa de Santo Antônio - Padroeiro de Nossa Diocese. Uma grande imagem em tamanho natural, semelhante à que se encontra na Catedral de Nova Iguaçu, percorreu as paróquias durante a novena preparatória. Também ao nosso Mosteiro a bela imagem chegou, para momento de prece, agradecimento e união à nossa Diocese.

14/6 – Tivemos a Santa Missa presidida pelo nosso Bispo, Dom Luciano, às 7h30min. Foram feitas as orações próprias, implorando o Espírito Santo, neste momento tão necessário em nossa comunidade, pois foi o dia de Visita Canônica em preparação ao Capítulo Eletivo. Sua homilia focou-se no tema da humildade e do amor mútuo. Nada mais próprio! A seguir à Missa, tivemos o café da manhã e depois fomos à sala de conferências e foi refletido a passagem Jo 10. À seguir, Dom Luciano dirigiu-se ao coro, onde atendeu a cada uma das Irmãs. Após o almoço, retomou-se o atendimento, concluído pelas 16h30min. Então Dom Luciano assinou os livros do arquivo, seguido de breve pausa para lanche. A comunidade reuniu-se para juntos rezarmos as Vésperas. Dom Luciano fez uma prece a Jesus Sacramentado, à Maria Santíssima e à Santa Clara, e despediu-se de nós, aguardando rever-nos dia 24 de Junho, onde será realizado o Capítulo Eletivo e a benção das dependências do Mosteiro.


15/6 – Tivemos a agradável visita de Dona Elenita, esposa do nosso muito estimado médico Dr. Saulo, acompanhada a filha, do genro e dos netos. Juntos agradecemos a Deus, este momento de união, fraternidade, e saudades que sentimos da presença do Santo Médico e Diácono Permanente, que desde o princípio de nossa fundação nos assistiu. À tarde, tivemos a Santa Missa presidida pelo Frei Luís, do Instituto dos Frades de Emaús, concelebrada por Frei Anchieta, com ilustre participação de Frei Tiago, que fora ordenado Diácono na manhã deste dia e Frei Mariano. Na homilia, Frei Luís destacou a graça de Frei Tiago iniciar seu Ministério em solo Francisclariano. No locutório, cantamos os parabéns, ofertamos rosas, um bolo e uma vela esculpida com desenho de Nosso Pai São Francisco ao novo Diácono, que também vive a espiritualidade franciscana em seu Instituto.

16/6 – Neste belo Domingo, Dia do Senhor, ficamos na expectativa da espera da Celeste, irmã de nossa Madre Conceição. Graças a Deus, chegou até nós à noite, estava bem disposta por ter feito boa viagem de Portugal para o Brasil. Neste ano, aguardávamos também seu Irmão e esposa, ambos vindos de Lisboa, que em breve viriam até nós para participarem do aniversário de nossa Madre, a 12 de Julho. Deus seja louvado!

20/6 – Tivemos a graça de receber, pelas 8 da manhã, em nosso Mosteiro, os símbolos da Jornada Mundial da Juventude. Grande foi a alegria, a emoção e profundo o agradecimento por privilégio tão grande! Estavam presentes alguns padres da Diocese, familiares da nossa Madre e pessoas que vieram acompanhando os símbolos vindos da Paróquia vizinha. Após o contínuo badalar do sino, Dom Luciano iniciou breve pronunciamento, anunciando a importância desta visita, em preparação à JMJ, depois, passou a palavra ao Pe. Antônio Pedro, (assessor da Pastoral da Juventude) e à nossa Madre. A pedido de Dom Luciano, cantamos “Santa Clara, Virgem Clara...”

24/6 – Neste dia, ocorreu o Capítulo Eletivo em nossa comunidade. A Santa Missa foi presidida pelo nosso Bispo Dom Luciano, com a participação do povo. Tivemos o café da manhã e a seguir, dirigimo-nos ao coro, onde deu-se início ao Capítulo Eletivo, presidido pelo Sr. Bispo. A eleição ocorreu num clima de serenidade. Ficando assim Composto o novo governo: Madre Abadessa: Ir. Ivone; Irmã Vigária: Ir. Maria de Fátima; 2ª Discreta: Ir. Fernanda. No final, todas saudaram o novo conselho com saudação preparada para esta ocasião. Fomos ao refeitório, onde fizemos um singelo brinde, com oração e benção final. Louvamos a Deus por tão importante momento vivido em nossa Comunidade e continuamos bem unidas, rezando pela saúde de nossa Madre, na infinita gratidão por tudo que dela recebemos. Em louvor de Cristo. Amém!

29 de Junho à 3 de Julho – Dia 29, sábado, tivemos a alegre presença de Madre Marlene e Irmã Verônica, do mosteiro Maria Imaculada-Marília. Passaram por nosso Mosteiro por ocasião do falecimento da mãe da Madre Marlene, a Senhora D. Inácia, de 84 anos. Foram momentos de partilha fraterna, alegria franciscana e agradável convívio. Agradecemos imensamente a presença de Madre Marlene e o carinho das nossas queridas Imãs de Marília.

12/7 – Aniversário da nossa querida ‘Madre emérita’, a Irmã Conceição – 78 primaveras! Belo hino de louvor e gratidão entoamos desde o amanhecer, agradecendo ao Altíssimo Onipotente Bom Senhor pelo dom da vida de nossa querida Irmã Conceição. Ao despertar, com cânticos da Cantata Portuguesa, “Clara, mais Clara que o dia”, já nos recordava a radiante vida de Santa Clara. Após o louvor a Deus, Sumo Bem, na Liturgia das Horas, tivemos o festivo café da manhã. O refeitório estava lindamente ornamentado, dando um toque especial à festa daquela que por muitos anos foi nossa Mãe e Abadessa. Tivemos a Santa Missa pela manhã, presidida por Pe. Marcus, concelebrada pelos padres Ricardo e Célio e com participação do Diácono Fabiano.

19/7 – Chegaram ao nosso mosteiro, Irmã Angélica e Irmã Luiza, (Mosteiro de N.S. de Guadalupe – Caicó) e Irmã Karoline (Mosteiro-Fraternidade São Francisco de Assis – Mossoró) elas prestaram apoio aos trabalhos relacionados à JMJ, que ocorreram de 23 a 28 de Julho no Rio de Janeiro. No dia 20, fomos agraciadas com santinhos e uma bela imagem da Beata Albertina Berkenbrock, ofertados pela postuladora da sua causa de canonização, que passou em visita ao nosso Mosteiro, rumo à JMJ.

22/7 – Na Santa Missa presidida por Dom Luciano, fizeram parte de sua comitiva dois Bispos e um Sacerdote vindos dos Estados Unidos, para auxiliarem os trabalhos da JMJ, e também Pe. Porfírio estava presente. Após a Missa, partilhamos o café da manhã e eles nos contaram suas experiências pastorais em diferentes realidades. Esperávamos hoje a jubilosa chegada do Papa Francisco ao Brasil.

24/7 – Pela manhã, após a Missa das 8h, tivemos a visita do Cardeal Odilo Pedro Scherer – Arcebispo de São Paulo, ele veio nos saudar em breve e simpática visita, acompanhado do Pe. Marcus. À tarde, algumas Irmãs, tiveram a oportunidade e privilegiada graça de participarem da Visita do Papa ao Hospital da Penitência São Francisco – Tijuca-RJ. Foram conduzidas pelo nosso dedicado benfeitor Sr. Fernando Webering. Foram bem acolhidas na recepção pelos Franciscanos na Providência de Deus, que assistem àquela obra. Grande foi a alegria ao reverem algumas das nossas Irmãs Clarissas que aos poucos iam chegando, Irmãs Concepcionistas, muitas Irmãs de diversas Congregações Religiosas, nossos Frades Menores; encontraram-se com Frei Florival que ofertou-lhes seu novo CD ‘Perfeita Alegria’, Frei Florival e seus colaboradores cantaram uma canção do seu CD: ‘O enfermo é meu irmão’ para recepção do Papa Francisco. Juntos formaram uma só e grande família. Apesar da chuva contínua, todos se alegraram pela chegada do Papa Francisco. Ofertamos a ele nossas broas de origem madeirense. Após a Benção do Papa, as irmãs retornaram ao Mosteiro com alegria e agradecimento por ocasião tão singular.

27/7 – Hoje quatro de nossas Irmãs participaram da Santa Missa presidida pelo Papa Francisco na Catedral Metropolitana do Rio. Grande número de Bispos, Padres, Seminaristas e Religiosos estavam presentes. Desta vez, estiveram bem próximas ao altar e puderam até tocar no Santo Padre.
 
29/7 – Na Santa Missa, presidida por Dom Luciano, às 7h30min, estiveram presentes Pe. Porfírio, Pe. Franco Bergamin, vindo de Roma- Itália, que acompanhava alguns jovens, jovens da Diocese de Campos-RJ e jovens de nossa paróquia todos participantes dos eventos da JMJ. Na homilia, Dom Luciano, convidou os jovens a dizerem suas impressões sobre tudo aquilo que viveram na JMJ. Após a Missa, fomos ao locutório onde eles nos fizeram perguntas sobre nossa Forma de Vida.

30/7 – Sete Seminaristas, sendo dois do Seminário Paulo VI – Nova Iguaçu, quatro da Diocese de Santo Amaro-SP e um de Alagoas, nos fizeram uma visita. Partilharam com grande entusiasmo a experiência de participar da JMJ. Alguns muito emocionados, outros profundamente agradecidos, manifestaram que a humildade, simplicidade; virtudes estas que se destacam no Papa Francisco, muito os impressionaram. Os contratempos de longas filas, tempo chuvoso, frio à beira mar de Copacabana... Tudo foi pouco em comparação ao imenso benefício que foi e continua sendo a JMJ. Vibrantes cantamos juntos o Hino da JMJ. Após lanche e visita à nossa Capela, eles partiram levando a paz e o bem em seus corações.

2/8 – Início da Novena de Nossa Mãe Santa Clara. Festa de N.S. dos Anjos da Porciúncula.
Fomos surpreendidas por um fato muito preocupante. Nossa Irmã Maria das Neves, ao apanhar laranjas, desequilibrou-se e veio a cair. Verificando uma fratura exposta no braço direito, foi ao hospital onde passou por cirurgia. Depois de grande susto, tudo se normalizou e nossa irmã se recupera dia após dia.
Reunindo grande número de devotos de Santa Clara a novena foi iniciada com Santa Missa presidida por Pe. Marcos da Diocese de Duque de Caxias-RJ, que estava orientando o retiro aos Seminaristas de nossa Diocese na Casa de Retiros ao lado do Mosteiro, concelebrada pelo Pe. Luís André, Diretor Espiritual do Seminário e Frei André, OFM. Uma vez que Irmã Maria de Fátima, nossa organista, acompanhava a Irmã Maria das Neves ao hospital, os Seminaristas animaram toda a Liturgia. Nestes dias estivemos em oração pelos nossos padres diocesanos que reuniram-se em Retiro, em Mendes-RJ. Os dias de novena estiveram sob a assistência do nosso Frei André, OFM e do nosso Pároco, Pe. Nelson, que orientaram com muita unção os diversos temas.

11/8 – Solenidade de Nossa Mãe Santa Clara. Alegria e gratidão foram as notas da canção deste dia pleno de bênçãos. A Santa Missa foi presidida pelo Exmo. Revmo. Bispo Dom Paulo César Costa- Bispo Auxiliar da Arquidiocese do Rio, concelebrada pelo nosso Bispo Dom Luciano, Pe. Nelson e Pe. Porfírio. Apesar de ser o Dia dos Pais, a capela estava lotada. Na homilia, Dom Paulo destacava que o que mais lhe impressionava na vida das Irmãs Clarissas, era a liberdade. Parabenizou-nos por dar continuidade ao carisma fundado por Santa Clara, o seguimento de Nosso Senhor Jesus Cristo, pobre, humilde e crucificado. No final da Missa, os jovens da nossa paróquia encenaram a consagração de Santa Clara. À tarde, tivemos a Santa Missa e Celebração do Trânsito presidida pelo Pe. Ricardo Nunes. Junto aos nossos irmãos da Ordem Franciscana Secular, às Irmãs Franciscanas do Amparo, formamos uma só família para recordar a passagem para a eternidade de Nossa Seráfica Mãe. No final, os jovens encenaram o encontro de Santa Clara com Jesus e o Pai São Francisco. Encerramos o dia com a Missa do Grupo de Vigília da Paróquia São Judas Tadeu-Heliópolis, grandes devotos de Santa Clara. Obrigada, Senhor, por vosso imenso amor!


7/9 – Aniversário de nossa querida Madre Ivone. Estivemos em união com a Santa Mãe Igreja, a pedido do Papa Francisco, num dia de oração e jejum pela paz na Síria. Nossa Madre propôs-nos deixar as comemorações para o dia 8, juntamente com a Natividade e Nossa Senhora. Mas a festinha que preparamos com todo carinho foi acontecendo. Pela manhã, tivemos um festivo café da manhã, saudando nossa Madre com flores e cânticos. A Santa Missa foi presidida por Frei Alex, OFM. Neste dia, toda a Diocese estava reunida em Aparecida-SP para a tradicional Romaria Diocesana.

16 a 21/9– Reuniu-se em Lagoa Seca-PB, a Assembleia extraordinária da Federação Sagrada Família para aprovação dos Estatutos. Nossa Irmã Maria de Fátima representou nosso Mosteiro e retornou dia 25, dia do Aniversário de nossa Irmã Fernanda. Grande foi alegria com a feliz chegada de nossa Irmã, que trazia consigo a lembrança e o abraço das queridas Irmãs. Entre os presentinhos, recebemos do Mosteiro SS. Sacramento-Canindé, dois lindos panos para ambão, confeccionados para o Jubileu do Mosteiro e o novo CD das Irmãs do Mosteiro Mãe da Providência-Cascavel.

28/9 – 88 primaveras de nossa Irmã Verônica. Nas vésperas de seu aniversário, Irmã Verônica recebeu homenagens do Clube de Mães que vieram para saudá-la. Acordamos ao som de músicas franciscanas e ao almoço fizemos saudação, partilhamos bolo e flores. À tarde, houve a Santa Missa, com jovens da Paróquia N.S. Aparecida – Ilha do Governador. No final, cantaram os parabéns à festejada, que cumprimentou a todos pela grade do coro.

Neste ano, renovamos a novena em preparação à Solenidade do Seráfico Pai São Francisco de Assis, tornando-se assim mais participativa e proveitosa.

3/10 - Tivemos a visita fraterna de nossos Frades Franciscanos: Frei Alex e Frei André, este último apresentou-nos sua mãe D. Conceição e sua Tia Luiza. À tarde, houve pelas 16h, Santa Missa com glorioso Trânsito de São Francisco de Assis, presidido pelo Pe. Ricardo Nunes, com grande participação de fiéis e irmãos da OFS. Na homilia, Pe. Ricardo destacava a Vida do Patriarca de Assis e de como soube ser sinal da vontade de Deus.

4/10– Solenidade de Nosso Pai São Francisco de Assis. Pela manhã, acordamos ao som de músicas franciscanas. Após o Ofício Divino, fomos ao refeitório para partilharmos os dons do Senhor, com recreio festivo em agradecimento por pertencermos à Família Franciscana e pelo carisma que até hoje se mantem vivo em nossas comunidades. Às 9h, houve Santa Missa presidida pelo Pe. Giuseppe, italiano, que falou belamente de Francisco de Assis.

5/10– São Benedito, rogai por nós! Recebemos neste dia um presente surpresa. Após a Santa Missa, presidida pelo nosso Pároco, Pe. Nelson, ele ofertou-nos o livro “O Peregrino Russo” e fez-nos uma surpresa: um concerto musical franciscano, apresentado belamente pelas irmãs Keila e Leidiana. Ficamos muito agradecidas pelas canções cheias de nossa espiritualidade.

6/10– Um grupo de 22 vocacionados do Serviço de Animação Vocacional da Diocese, veio até nós para uma entrevista. Orientados pelo nosso Pároco, Pe. Nelson, assessor do S.A.V. e Irmã Gabriela, os jovens estavam muito interessados em nossa Forma de Vida. Ficamos muito edificadas em ver como eles têm conhecimento sobre a Vida Religiosa de hoje. Após a entrevista fomos para a Missa Dominical e eles passaram o resto do dia no encontro de reflexão na Casa de Retiro, anexa ao nosso Mosteiro.

21 a 25/10– Retiro Anual da Comunidade, orientado pelo nosso Pároco, Pe. Nelson. As colocações eram breves, porém muito proveitosas que preencheram nossos dias. No dia 25, Dia de Santo Antônio de Sant’Ana Galvão, Aniversário de Profissão Religiosa de Irmã Conceição, Pe. Nelson trouxe-nos a Relíquia do Santo para a oscularmos e a venerarmos. À noite do dia 25, reuniram-se em nossa Capela, paroquianos da Catedral de Santo Antônio, para o Terço Luminoso. Sob a orientação de Pe. Marcus e Diácono Fabiano, meditamos juntos os Mistérios Dolorosos do Santo Rosário. A cada Ave-Maria, apresentavam-se diferentes pessoas que depositavam velas em sequencia, formando assim um luminoso terço ao redor do altar. Dentre as muitas intenções estava a ação de graças pelos 25 Anos de Inauguração de nosso Mosteiro. Emocionante foi ver que entre as pessoas que levavam as velas, estavam alguns dos nossos dedicados benfeitores que muito contribuíram para o crescimento de nossa presença junto ao povo sofrido da baixada. Encerramos assim com a Mãe Maria Santíssima nosso Retiro Anual.



27/10 – Recebemos a fraterna visita de nossos Irmãos da Ordem Franciscana Secular. Reuniram-se na Casa Betânia, ao lado do nosso Mosteiro, para um dia de meditação. Pelas 11h da manhã, Dom José Ubiratan, OFMCap, Bispo da Diocese de Itaguaí-RJ, nosso ilustríssimo amigo que chegou para almoçar conosco. Preparamos-lhe uma festiva saudação de boas vindas. Após o almoço, ele fez-nos uma riquíssima exortação sobre o Ano da Fé. Dom Ubiratan agradeceu a todas as Irmãs, deu-nos a Benção de São Francisco e despedindo-se deixou-nos uma fraterna mensagem no Livro de Ouro.

2/11 – Comemoração dos Fiéis Defuntos. Recebemos a visita de nossas queridas Irmãs Francelina – Mosteiro Nazaré-Lages SC e Irmã Bernadete – Mosteiro N.S. dos Anjos-Gávea RJ. Que festa rever Ir. Francelina, que muito contribuiu no início de nossa Fundação. Quantas recordações! Foi um belo presente do Pai das Misericórdias, dentro do Ano Jubilar.

10/11 – Dia da Família Franciscana reunida. Nossos Irmãos da Fraternidade da OFS- São João de Meriti RJ, reuniram-se próximo a nós, na Casa Betânia, para dias de reflexão e espiritualidade, sob a orientação de Frei Gustavo Medella, OFM. No Domingo, dia 10, após a Santa Missa das 10h, fomos ao locutório para cumprimentá-los. Pedimos a Frei Gustavo que deixasse registrada uma mensagem para nós e lhe ofertamos uma pequena imagem de Nossa mãe Santa Clara. Cantamos para eles a Benção de nossa Seráfica Mãe com a relíquia. À noite, assistimos ao Filme da vida do Beato João Duns Scotus.

21/11 – Apresentação de Nossa Senhora. Celebramos a Festa Onomástica de nossa Madre Ivone Maria da Apresentação. Na Véspera, iniciamos as comemorações com um momento de espiritualidade sobre a Apresentação da Virgem Maria ao templo. Cantamos o Cântico Magnificat. Nossa Irmã Maria de Fátima animou o momento com uma bela coreografia. Ofertamos à Madre o Ramalhete e algumas lembrancinhas. Neste ano, aprofundamos melhor as reflexões sobre o Dia da Religiosa de Clausura, com meditações preparadas para a ocasião. Houve Missa às 7h30min. À tarde, fizemos outra meditação sobre o tema. Encerramos assim este dia repleto das bênçãos de N.S. da Apresentação, agradecendo a Deus o maior dom, o da nossa vocação.

24/11 – Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo. Tivemos a Santa Missa presidida pelo nosso Frei Arcângelo, OFM às 10h da manhã. Iniciamos hoje o trabalho do DVD da História do nosso Mosteiro. Contamos com o apoio do Sr. Eloy Bezerra, assessor da pastoral da Comunicação de nossa Diocese, que gentilmente cedeu sua colaboração de execução para nos ajudar.

25/11 – Nesta segunda-feira, tivemos na Santa Missa presidida por nosso Bispo Dom Luciano, a presença de Pe. Marco e de Don Giuseppe, Abade Geral da Congregação dos Cônegos Regulares Lateranenses, da qual Dom Luciano faz parte. Na homilia, Dom Luciano pediu a Don Giuseppe que nos dissesse algo. Ele então expressou sua alegria em estar conosco e sua profunda admiração à Vida Contemplativa. Após a Missa, tivemos um convívio fraterno do refeitório.

1/12 – O Primeiro Domingo do Advento, abriu-nos o Tempo de Esperança e de Alegria. Nossa preparação aos poucos intensificava a expectativa para bem recebermos o Mistério da Encarnação do Senhor. Tantos foram os sinais que nos proporcionaram contemplar a singeleza e ternura de Deus que vem a nós. O belíssimo presépio, cuidadosamente confeccionado pela nossa Madre, os demais presépios que iam sendo feitos pelos cantinhos da casa, a novena, a liturgia diária das Missas, os cânticos, a liturgia das horas, a generosidade dos nossos benfeitores, eram convites a aprofundarmo-nos no Tempo do Natal que se aproximava.

24/12 – Chegado a tão suspirado dia do Nascimento de Jesus, nos alegrávamos a cada ato comunitário que se realizava. O tradicional canto da Calenda, nos preparou para a Santa Missa da noite, celebrada com solenidade e fervor, presidida por Frei Arcângelo, OFM. Que alegria ver as crianças vestidas de anjinhos a cortejar o Menino Deus. Após a Missa, fomos ao refeitório para o convívio fraterno.

25/12 – Jubilosas, celebramos o Natal de Jesus, com a Santa Missa do Dia, às 10h, presidida por Frei Arcângelo. Antes do almoço, houve o tradicional momento da vestição do Menino Jesus onde a comunidade reunida canta os versos próprios ao som de instrumentos musicais. A seguir, tivemos o almoço festivo. À tarde, após Vésperas, visitamos em comunidade todos os presépios da casa. E assim encerramos as atividades do dia cheio de esplendor e graça.

31/12 – Dia de reflexão, ação de graças e súplica ao Pai das Misericórdias pelo ano de 2013 que finda e para bem receber o ano 2014. Às 22h iniciamos a Adoração Eucarística com participação de fiéis. Às 23h iniciou-se a Santa Missa de Ação de Graças, presidida pelo nosso Bispo Dom Luciano e concelebrada pelo Pe. Nelson. Na Missa, Dom Luciano motivou o ato penitencial, convidando os presentes a manifestarem em voz alta o pedido de perdão. Na homilia, Dom Luciano destacou as leituras da Liturgia, incentivou a participação dos fiéis para agradecerem e dizerem os acontecimentos bons deste ano. Muitas foram as recordações como: O Ano da Fé, o Capítulo Eletivo ocorrido em nossa comunidade, abertura do nosso Ano Jubilar, a JMJ... Como foi bom louvarmos juntos os imensos benefícios de Deus. No momento da Comunhão e Ação de Graças os fogos anunciavam a chegada do ano novo que se iniciava. Ao final, Dom Luciano convidou-nos ao abraço da paz e aos tradicionais pulinhos que a todos descontrai e alegra. Após a Missa fomos ao refeitório para ceia e momento fraterno.